Hattrick

Essa semana voltei a jogar Hattrick. Já havia experimentado na época da faculdade, mas acabei deixando-o de lado e perdi o time. Estava lembrando dele e deu vontade de brincar de novo.

Pude notar que poucas pessoas conhecem o jogo, então vou explicar mais ou menos como funciona.

O Hattrick é um jogo online onde você é dono de um time de futebol. Lá você cuida de tudo, absolutamente tudo que envolve um time de futebol. Desde os bastidores de contratações, técnicos, médicos, auxiliares, compra/venda de jogadores, formação de juniores, até a escalação do time que vai entrar em campo.

Diferente dos fantasy games (ex: Cartola FC), onde você controla os jogadores da vida real, no Hattrick os jogadores são únicos, ou seja, ninguém vai ter o mesmo jogador que você. Nisso criam-se valores individuais para jogadores revelados da sua categoria de base e você pode negociá-los no futuro.

É tudo baseado na comunidade. Você disputa com times de outros jogadores – que são pessoas de verdade – de todos os cantos do mundo e as partidas são transmitidas ao vivo, numa espécie de “tempo real” narrado em texto. É emocionante!

No começo o Hattrick pode parecer meio complexo, tanto é que é preciso seguir uma série de “desafios” para obter a licença de administrador e poder usufruir de todas as ferramentas. Mas não desanime, esses desafios também servem para que você aprenda como o jogo funciona e onde estão as coisas no site.

A dinâmica exige um pouco de paciência por parte do usuário. Os jogos têm data/horário marcados, então é preciso esperar para as coisas acontecerem. Nesse meio tempo, aproveite para comprar jogadores, promover juniores, treinar seu time, contratar especialistas, marcar amistosos e deixar sua equipe escalada para o próximo confronto!

Se você realmente se empolgar com o jogo, existe o Sócio-HT. Por US$ 44,52/ano você poderá usufruir de alguns caprichos como ter um escudo do seu time, atribuir números aos jogadores, remover os anúncios do site e ainda colabora com o desenvolvimento do Hattrick.

Gostou? Caso decida jogar, meu time é o Duccigne FC (ID 93473) e você pode me desafiar para um amistoso.

Na minha reestreia, apliquei uma goleada de 6×1. Vai encarar?

Tweet Button oficial

Finalmente o Twitter lançou seu próprio “tweet button”. É esse aí que você enxerga acima, ao lado do botão de “curtir” do Facebook.

É bem simples e fácil de instalar, mas precisei fazer algumas alterações pra que ele funcionasse certinho no WordPress e vou ensiná-las aqui.

Post editado: o Luis Tamiosso gentilmente nos avisou nos comentários que já existe um plugin para quem usa WordPress. Valeu, Luis! Abaixo segue o post original.

Título do post

Na parte de customização, na aba “Tweet text”, caso você queira que o plugin pegue o título do post e não o título da página, insira o código:

<?php the_title(); ?>

Isso vai fazer com que o botão pegue o título do post. Útil no caso de um retweet direto da home, quando o usuário não clica para ir à página do post.

Usando permalink

Ainda na customização, na aba “URL”, insira o código:

<?php the_permalink(); ?>

Da mesma maneira que o anterior, isso faz com que o botão pegue diretamente o link do post, novamente útil no caso de um retweet direto da home.

Você ainda pode saber mais detalhes sobre o Tweet Button e tirar suas dúvidas no FAQ.

Música na internet

Eu gosto muito de covers, principalmente se são feitos por “anônimos”. Já vi muita coisa boa por aí, mas essa me chamou muito a atenção.

Além da qualidade musical, o que realmente me deixou fascinado foi a maneira como tudo aconteceu: dois músicos, continentes diferentes e o YouTube. O resultado? Um “collaboration cover” excepcional da música “Club can’t handle me”, do Flo Rida.

Os responsáveis são Tyler Ward (vocal, guitarra, baixo) e Cobus Potgieter (bateria). Eles também fizeram, sozinhos, a gravação, mixagem, edição e, claro, divulgação. Veja abaixo:

Agora só falta esses dois montarem uma banda! Também é possível comprar a música no iTunes, que custa US$ 0,99.

Review: Nokia E71

Sempre achei que seria com o iPhone a minha estreia no mundo dos smartphones. Não foi. Acabou sendo com um Nokia E71. Pura opção, nada de escolha por economia ou algo do tipo.

Durante toda a minha vida eu tive três celulares, um Samsung e dois Nokias, todos bem simples, só dava pra ligar e enviar SMS. Os Nokias sempre me surpreenderam pela qualidade e principalmente pela facilidade de uso.

Com o E71 não é diferente, o aparelho é muito fácil de usar, mesmo com a quantidade de coisas novas que um smartphone oferece. Nesses poucos dias já pude testar algumas coisas e resolvi escrever aqui no blog as minhas primeiras impressões.

E-mail

O E71 já vem preparado para receber/enviar e-mails, óbvio, senão não seria um smartphone. A função fica junto com o SMS, mas eu achei um pouco ruim (demorava muito pra baixar os e-mails e às vezes não baixava) e acabei optando pelo app Email for Nokia, disponível (grátis) na Ovi Store. Funciona muito bem e fica acessível pela tecla de “mensagens” no próprio teclado. Rápido e fácil.

Redes Sociais

Uso apenas Twitter, Facebook e Foursquare. Todas essas redes são acessadas por um único app: Gravity. Muito fácil de usar e funciona muitíssimo bem, direto ao ponto.

No Twitter, é possível fazer todas as suas ações (reply, reply-to-all, RT, DM, replies, lists, follow, Twitpic, etc). No Foursquare também, incluindo silent check-in, mayors e badges, só faltou uma opção de “send to Twitter”. O único que fica devendo é o Facebook, limitado apenas a “news feed” e “updates”.

O Gravity possui um free trial, mas é certo que vou comprar a versão full. É um dinheiro muito bem gasto.

Instant Messenger

Testei o eBuddy, Nimbuzz e fring. Todos são muito parecidos, mas optei pelo fring. Achei mais fácil de usar e com a interface mais simples/bonita.

Navegação

Senti absoluta necessidade de baixar um browser melhor do que o nativo usado pelo E71. Uma ótima escolha é o Opera Mobile. A interface é muito bem resolvida e os sites abrem no formato padrão, sem ser apenas em versão mobile.

Outras considerações

O aparelho é muito elegante, leve, fino e o teclado é bem fácil de usar. Vem com várias ferramentas úteis de um smartphone, incluindo GPS, câmera (foto/vídeo) de 3.2 megapixels, acessórios, carregador veicular e uma capinha de couro muito boa e bonita. Você pode ver fotos de um unboxing aqui.

Tenho usado-o praticamente o tempo todo e a bateria tem durado, em média, três dias. Deve durar mais quando eu der um pouco de folga para o bichinho.

Como citei o iPhone no começo do post, é justo fazer uma comparação bem sincera dos dois. Claro que o iPhone é muito mais moderno e tem outro perfil, é touchscreen, tem a tela maior e os apps são muito mais bem desenvolvidos.

Mas o Nokia E71, pra mim, não deixou aquela sensação de arrependimento. Muito pelo contrário. É um smartphone excelente e que vai durar uns bons anos comigo.

Agora só falta um bom plano de pacotes de dados para poder usar todas essas funções sem se preocupar com créditos da operadora. Mas isso vai ficar pra depois.

Review: eRepublik

Há alguns dias comecei a jogar o eRepublik, joguinho online que simula a vida real. Seu conceito chega a lembrar um pouco o Second Life, mas a jogabilidade é mais simples, não requer nenhuma instalação e é tudo feito pelo browser, sem frescuras, em puro HTML.

Lá você tem uma vida quase que exatamente igual à do “mundo real”. Nasce num país, numa região, precisa de um trabalho, tem os estudos (que te ajudam a melhorar de emprego), partidos políticos, compromisso militar, empreendedorismo (você pode criar empresas) e até mesmo eleições.

Cada país tem seu presidente, estrutura de governo, relações com outros países e, claro, guerras, conflitos, inimigos, aliados, mercado financeiro, compras, vendas, etc. E tudo isso é comandado pelos usuários de cada país, o que torna a brincadeira muito mais divertida.

Pelo pouco que experimentei até agora, o eRepublik me agradou bastante. É tudo muito bem feito, fácil de usar e, por ser em tempo real, fica difícil de enjoar do jogo. Você só pode jogar uma vez ao dia, que é quando você completa todos os seus afazeres. Depois disso é necessário esperar pelo dia seguinte.

Talvez esse ponto faça com que algumas pessoas não se empolguem tanto com o jogo, tem muita gente que prefere algo mais dinâmico e não gostam muito de ter que ficar esperando pra evoluir e ver a coisa engrenar de vez. Eu não vejo problemas, acho até mais realístico. E também não tenho tempo pra ficar jogando o dia todo.

Não sei até onde o eRepublik pode chegar e nem quanto vai durar, mas por enquanto está sendo bem divertido. No momento, sou Gerente de Marketing Júnior Sênior no ramo alimentício, ainda não posso participar de política e tenho tentado fugir da carreira militar.

Caso você se interesse, seja meu amigo por lá.

35mm

Deixe carregando o vídeo acima enquanto eu explico do que se trata: 35mm é um curta sobre cinema. São dois minutos de uma fantástica animação pela história da sétima arte.

A equipe responsável (Sarah Biermann, Torsten Strer, Felix Meyer, Pascal Monaco) selecionou 35 filmes entre seus favoritos e tentou simplificá-los o máximo possível.

A brincadeira é assistir e tentar identificar o máximo possível (ou os 35) de filmes que aparecem nesse curta.

Será que você consegue descobrir todos?

Vi lá no posterous do Daniel Sollero, um dos criadores do moovee.me.

a seleção do mano

Hoje saiu a primeira lista do Mano Menezes, novo técnico da melhor seleção do mundo e que tem quatro anos de trabalho pela frente para podermos levantar o caneco do Hexa. Totalmente renovada, essa lista ainda está longe de ser julgada e mais longe ainda de ser a definitiva.

Quem me acompanha no Twitter sabe que sou fascinado por futebol, então resolvi brincar de técnico aqui no blog e montei o meu time titular do Brasil, baseado nos jogadores convocados pelo Mano:

A lista completa:

Goleiros: Victor (Grêmio), Jefferson (Botafogo), Renan (Avaí)
Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Rafael (M. United), André Santos (Fenerbahçe), Marcelo (Real Madrid)
Zagueiros: Thiago Silva (Milan), David Luiz (Benfica), Henrique (Racing S.), Réver (Atlético-MG)
Meias: Ederson (Lyon), Carlos Eduardo (Hoffenheim), Hernanes (São Paulo), Sandro (Internacional), Ganso (Santos), Lucas (Liverpool), Jucilei (Corinthians), Ramires (Benfica)
Atacantes: Robinho (Santos), Neymar (Santos), André (Santos), Pato (Milan), Tardelli (Atlético-MG)

Escalei um time ofensivo, com volantes que sabem jogar e um meio-campo que tem qualidade de sobra pra municiar o belíssimo ataque da equipe do Santos. Se daria certo, eu realmente não sei. Ninguém saberá até o dia 10 de agosto, quando essa seleção faz seu primeiro jogo, contra os Estados Unidos.

Será que vou acertar mais ou menos a equipe que o Mano vai escalar pra esse jogo? Fica o registro. Dia 10 saberemos.

E você? Gostou da lista do Mano? Qual seria o seu time titular?

Cornetem à vontade nos comentários!

ch-ch-changes

Assim como diria David Bowie, “time may change me, but I can’t trace time…”

Depois de muitos anos (desde a época da faculdade) estou mudando o nome/domínio do meu portfolio de “ilusorium.net” para eduardoduccigne.me.

Optei por usar meu nome e sobrenome, indo direto ao ponto. Isso fez com que o e-mail e o MSN também mudassem, então atualize-se:

  • E-mail: hello@eduardoduccigne.me
  • MSN: msn@eduardoduccigne.me

Aproveito o post pra dizer que mudei a cara do portfolio e que logo, logo novos trabalhos serão adicionados por lá!

Juntos pelo Nordeste

A tragédia com as enchentes no Nordeste aconteceu há mais de um mês, mas até hoje a população dessa região sofre com os estragos causados pelo temporal.

São em média 80 mil pessoas que ainda estão desalojadas/desabrigadas. Não é tarde demais para ajudar.

Artigos requeridos:

  • Produtos de higiene
  • Produtos de limpeza
  • Fraldas descartáveis
  • Leite em pó

Locais para doações:

  • Todas as unidades SESC/SP
  • Shopping Center 3 – Av. Paulista, 2064, Cerqueira César
  • Shopping Anália Franco – Av. Recente Feijó, 1739, Jd. Anália Franco, piso Acácia

Iniciativa por: Nathália Triveloni, Mannaz e arte de Caio San.

hotsite do ufc 116

Cheguei atrasado, mas finalmente vi o hotsite do UFC 116 e só posso dizer uma coisa: ficou animal!

Essa maravilha, feita pela Red Interactive Agency, é impecável em todos os sentidos, desde a direção de arte, tipografia, usabilidade, produção, até a interatividade com os usuários. Você pode podia dar seu pitaco sobre quem vai ganhar a maior luta da história do UFC: Lesnar vs Carwin.

Essas opiniões aparecem numa timeline, com direito à avatar, personagem masculino/feminino e thumbs up/down para os comentários enviados. E, claro, não podia faltar um gráfico para organizar todas essas previsões.

A luta aconteceu no dia 3 de Julho de 2010 e o vencedor foi Brock Lesnar, que finalizou Shane Carwin, com um kata-gatame, no 2º round.

página anterior · próxima página